Suicide Mouse

Atualizado: 22 de Ago de 2020


“Então, alguns de vocês lembram daqueles desenhos do Mickey Mouse da década de 1930? Os que foram apenas colocados em DVD há alguns anos atrás? Bem, eu ouvi que há um episódio que era inédito até mesmo para os mais ávidos fãs dos clássicos da Disney. De acordo com fontes, não é nada especial. É apenas um loop contínuo de Mickey passando por seis edifícios que se prolonga por dois ou três minutos antes de desaparecer. Ao contrário das comuns músicas bonitinhas, a canção neste desenho não era uma bem uma música, era apenas uma batida constante em um piano de um minuto e meio antes de ir para o chiado que se estendia até o fim. Não era o velho Mickey alegre que nós amamos tanto. Mickey não estava dançando, nem mesmo sorrindo, apenas estava em uma espécie de andar como você ou eu andamos. Também tinha uma expressão facial normal, mas por alguma razão a sua cabeça estava inclinada de um lado para o outro e ele mantinha um olhar sombrio."


Até um ano ou dois atrás, todos acreditavam que ele ficou assim em função da mudança de mídia. Quando Leonard Maltin estava revendo o cartoon para ser colocado na série completa, ele decidiu que não havia conteúdo para estar no DVD, mas queria ter uma cópia digital devido ao fato de que era uma criação de Walt. Quando ele conseguiu a versão digitalizada da animação em seu computador, ele notou algo. O desenho tinha realmente 9 minutos e 4 segundos de duração. Isto é o que a minha fonte falou para mim, na íntegra (ele é um assistente pessoal de um dos altos executivos da Disney e amigo do Sr. Maltin).


“Depois que ele cortou para o preto, ficou assim até o sexto minuto, antes de voltar para caminhada de Mickey. O som era diferente desta vez. Foi um murmúrio. Ele não era um idioma, mais parecia um grito. Como o barulho ficou mais indistinguível e alto sobre o minuto seguinte, a imagem começou a ficar estranha. A calçada começou a ir em direções que pareciam impossíveis com base na física de Mickey em pé. E o rosto sombrio do rato foi lentamente se curvando em um sorriso. No minuto 7, o murmúrio se transformou em um grito horripilante (o tipo de grito doloroso de se ouvir) e a imagem foi ficando cada vez mais obscura. As cores que apareceram não seriam possíveis na época. O rosto de Mickey começou a desmoronar. Ele revirou os olhos na parte inferior do queixo como duas bolas de gude em um aquário, e seu sorriso era enrolado apontando para cima, no lado esquerdo de seu rosto.


Os edifícios viraram escombros flutuando no ar e a calçada ainda estava incrivelmente navegando em direções diferentes, impossíveis para seres humanos saberem o caminho. Sr. Maltin ficou perturbado e saiu da sala. Ele enviou um funcionário para terminar de assistir o vídeo, tomar notas de tudo que acontecesse até o último segundo e depois imediatamente guardar o disco do cartoon no cofre. O grito distorcido durou até 8 minutos e alguns segundos, e então de repente, corta para o rosto de Mickey Mouse nos créditos do final do vídeo com o que soou como uma caixa de música quebrada tocando no fundo. Isto aconteceu por cerca de 30 segundos, e tudo o que estava nos outros 30 segundos nunca foi revelado. Um guarda de segurança que trabalhava debaixo de mim que estava fazendo rondas fora da sala, me disse que após o último quadro, o funcionário tropeçou fora da sala com a pele pálida dizendo que “o sofrimento real não é conhecido” 7 vezes antes de tomar rapidamente a pistola do guarda e se suicidou no local.



Até breve


Visite Nossas redes sociais:

https://linktr.ee/sonaocritica

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo